Back

TÉCNICO SUPERIOR – FARMÁCIA (m/f)

Refª TS/FARMACIA/11.2021

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E. informa que se encontra aberto processo de recrutamento e seleção para Técnicos Superiores, detentores de carteira profissional de farmacêutico, assim como para a criação de bolsa de reserva de recrutamento, válida por um ano, tendo em vista o preenchimento das necessidades que vierem a ocorrer, para o Serviço Farmacêutico, em regime de Contrato Individual de Trabalho por Tempo Indeterminado ou em regime de Contrato Individual de Trabalho a Termo Resolutivo Incerto, nos termos do regime jurídico aprovado pela Lei nº 7/2009, de 12 de fevereiro.

 

1. Local de trabalho: Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E.

 

2. Período de trabalho: O período de trabalho é de 35 (trinta e cinco) horas semanais.

 

3. Requisitos de candidatura obrigatórios:
• Mestrado Integrado ou Licenciatura (Pré-Bolonha) em Ciências Farmacêuticas;
• Carteira Profissional válida da Ordem dos Farmacêuticos.

 

4. Remuneração: 1.205,08€.

 

5. Outros requisitos/competências:
• Valoriza-se experiência hospitalar, em particular na área de antineoplásicos (preparação de citotóxicos, ambulatório hospitalar em oncologia);
• Conhecimentos de informática na ótica do utilizador, ms-excel e ms-word;
• Conhecimentos de inglês;
• Aptidão para trabalho em equipa multidisciplinar, atitude dinâmica e proactiva, flexibilidade de horários e capacidade de organização.

 

6. Formalização das candidaturas:
As candidaturas devem ser formalizadas até dia 22 de novembro de 2020 para o correio eletrónico rhrecrutamento@ipolisboa.min-saude.pt. No assunto de correio eletrónico deverá ser feita a referência expressa a “TS/FARMACIA/11.2021”.

 

7. Documentos obrigatórios a anexar:
a) Curriculum Vitae atualizado, até ao limite de 3 páginas;
b) Cópia da carteira profissional;
c) Cópia do Certificado de curso onde conste a nota final.

 

TODAS AS CANDIDATURAS QUE NÃO TENHAM EM ANEXO OS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS VÁLIDOS NÃO SERÃO TIDAS EM CONSIDERAÇÃO.

Lisboa, 18 de novembro de 2021