Back

Anestesiologia

Dra. Isabel Serralheiro

Diretora

anestesia@ipolisboa.min-saude.pt

Email

Pavilhão Central, piso 3

Localização

Principais atividades

 

No IPO Lisboa,  o Serviço de Anestesiologia está presente nos vários locais onde é obrigatória a presença de um anestesiologista: Bloco Operatório; Unidade de Cuidados Pós-Anestésicos; Unidade de Cirurgia de Ambulatório; Unidade de Dor Aguda Pós-Operatória; Consulta Multidisciplinar de Dor; serviços de Radiologia (apoio às crianças que realizam TC ou ressonância magnética) e Radioterapia (braquiterapia); serviços de Pneumologia e Gastroenterologia (técnicas endoscópicas); consultas; emergência médica interna e escala de urgência.

 

A atividade anestésica no Bloco Operatório contempla várias especialidades (cirurgia geral, cirurgia da cabeça e pescoço, otorrinolaringologia, ginecologia, cirurgia plástica e reconstrutiva, urologia, cirurgia pediátrica) e modalidades cirúrgicas, como a cirurgia laparoscópica colo-rectal, ginecológica e urológica; a cirurgia toracoscópica pulmonar e esofágica; a cirurgia de peritonectomias (com perfusão de quimioterapia hipertérmica); a cirurgia com técnicas de perfusão e circulação extracorporal e ainda a terapêutica com eletroquimioterapia.

 

O Serviço de Anestesiologia do IPO Lisboa integra uma Unidade de Dor Aguda e uma Unidade de Emergência Médica.

Unidade de Dor Aguda

 

Coordenação: Dra. Rita Ferreira

A primeira a ser criada em Portugal, em 1993, assegura a todos os doentes operados rigorosa vigilância e metodologias analgésicas, protocoladas e atualizadas, incluindo a utilização da via epidural, a administração controlada de analgésicos pelo próprio doente (PCA) – técnica em que o IPO Lisboa foi pioneiro no país, em 1990 – e a utilização de bloqueios periféricos.

Unidade de Emergência Médica

 

Coordenação: Dra. Filipa Resende

Ocupa-se de todas as situações de emergência de modo a responder em tempo útil e de forma organizada às solicitações de emergência ocorridas no interior da instituição.

Consulta de Anestesiologia

 

Antes da realização de qualquer cirurgia programada, os doentes têm sempre consulta de anestesiologia. Nesta consulta, o médico anestesiologista avalia o estado clínico do doente, diagnóstico atual, outras doenças pré-existentes, alergias e medicação que faz atualmente, incluindo os chamados suplementos naturais e terapias não convencionais; informa-se sobre a cirurgias e anestesias anteriores; avalia os chamados exames pré-anestésicos (raio X do tórax, eletrocardiograma e análises clínicas) e requisita outros, caso entenda necessário; esclarece o doente e/ou a pessoa responsável sobre os riscos que a anestesia comporta; responde as dúvidas e questões colocadas. Tudo isto para garantir o bem-estar e a segurança dos doentes antes, durante e após a anestesia.

 

Os doentes que têm cirurgia marcada para o IPO Lisboa respondem a um questionário pré-operatório, que deve ser preenchido com o maior rigor possível.

 

O referido questionário é enviado através da app móvel My IPO Lisboa (disponível nas plataformas Google Play e App Store). Se preferir, também pode fazer o registo na MY IPO Lisboa diretamente no nosso site e responder ao questionário pré-anestésico no seu computador. Nesse caso aceda aqui e esteja atento às notificações.

 

Entretanto, aproveite para obter mais informação sobre a consulta de anestesiologia e fique a saber o que pode fazer para melhorar o seu estado físico e emocional enquanto aguarda pela cirurgia.

Folhetos informativos

Missão

 

Assenta na prática de uma medicina perioperatória dirigida a todos os doentes submetidos, propostos ou com indicação para qualquer ato anestésico (anestesia geral, anestesia regional, sedação, etc.).

 

A nossa atividade distingue-se pela prestação de cuidados nos períodos pré-anestésico, intra-anestésico e pós-anestésico e envolve:

  • consulta, preparação dos doentes, visita e medicação pré-anestésica;
  • produção de sedo-analgesia durante a execução de procedimentos cirúrgicos, terapêuticos e diagnósticos;
  • anestesia clínica de doentes submetidos a cirurgia programada e de urgência no Bloco Operatório e na Unidade de Cirurgia de Ambulatório (UCA);
  • estratégias analgésicas do pós-operatório e sua organização;
  • técnicas de monitorização hemodinâmica, de equilíbrio hidroeletrolítico e outras que sejam exigíveis no período perioperatório;
  • procedimentos clínicos de suporte ventilatório e hemodinâmico;
  • atuação em situações de suporte básico e avançado de vida e sua divulgação;
  • abordagem de acessos venosos centrais;
  • transporte intra e extra-hospitalar de doentes com necessidade de evacuação sob suporte ventilatório.

 

O domínio da farmacologia e de técnicas essenciais ao exercício da especialidade de anestesiologia, a investigação clínica, a atualização de conhecimentos, a formação de médicos e de outros profissionais de saúde relacionados com a anestesiologia fazem parte da nossa missão.

 

O Serviço de Anestesiologia do IPO tem idoneidade reconhecida e atribuída pelo Colégio de Anestesiologia da Ordem dos Médicos e recebe médicos internos de formação especializada para treino e aprendizagem da especialidade, nos cinco anos de formação.

Dados históricos

 

O Serviço de Anestesiologia foi criado em 1972, mas as atividades de anestesia estão presentes no Instituto desde a sua fundação, em 1923.

 

O Dr. João Lemos Gomes e o Dr. Francisco Branco são considerados os pioneiros da atividade anestésica neste hospital.

 

A primeira diretora do Serviço foi a Dra. Naïr de Azevedo, que foi sucedida nas funções pelo Dr. José Luís Portela e pelo Dr. José Manuel Caseiro.