Back

Recrutamento de Técnico Superior (m/f)

Ref.ª Técnico Superior/15.2022

 

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E. informa que se encontra aberto procedimento para recrutamento e seleção de Técnico Superior, para exercício de funções no Conselho de Administração, visando a celebração de Contrato Individual de Trabalho a Termo Resolutivo Incerto e para integrar Bolsa de Recrutamento, nos termos do Regime Jurídico aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro.

 

1. Local de trabalho: Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E.;

 

2. Período de trabalho: 35 (trinta e cinco) horas semanais;

 

3. Remuneração base mensal: € 1 268,04;

 

4. Requisito obrigatório de candidatura: Licenciatura em Direito;

 

5. Requisitos preferenciais: Experiência mínima de três anos em área da Saúde;

 

6. Formalização e prazo das candidaturas:
No assunto do email deverá ser feita referência expressa a “Técnico Superior/15.2022”.  As candidaturas deverão ser enviadas, por urgência no recrutamento, por correio eletrónico para rhrecrutamento@ipolisboa.min-saude.pt até dia 18 de Setembro de 2022;

 

7. Documentos obrigatórios a anexar:
a) Curriculum Vitae atualizado;
b) Fotocópia do certificado de habilitações académicas comprovativo da licenciatura;
c) Fotocópia dos certificados das restantes formações com relevância;

 

8. Outros documentos: O júri pode solicitar aos candidatos documentos adicionais que considere necessários para o processo de avaliação;

 

9. Métodos de seleção: Avaliação curricular e entrevista profissional de seleção.

 

 

AS CANDIDATURAS QUE NÃO TENHAM EM ANEXO OS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS VÁLIDOS NÃO SERÃO TIDAS EM CONSIDERAÇÃO.

 

 

Em cumprimento da alínea h) do artigo 9.º da Constituição, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação, nomeadamente, ao abrigo do disposto na Lei n.º 4/2019, de 10 de janeiro.

 

 

Lisboa, 13 de setembro de 2022