Projetos Financiados UE

Produção centralizada de água quente e água gelada, substituição de elevadores, isolamento térmico da cobertura do Pavilhão de Rádio e instalação de parque fotovoltaico. O IPO vai investir 6,9 milhões num programa de eficiência energética, com o apoio do POSEUR.

 

O IPO Lisboa vai investir 6,9 milhões de euros em equipamentos e infraestruturas de produção central de água quente e água fria através da instalação de 4 chillers/bombas de calor industriais de última geração. Do montante total do investimento, 6,5 milhões de euros provêm fundos comunitários, através do Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência – POSEUR. Com este projeto, o Instituto estima reduzir a fatura energética em cerca de meio milhão de euros por ano.

 

O programa permitirá trocar as duas caldeiras a vapor, instaladas na década de 70, e 51 chillers por um moderno sistema de produção centralizada de água quente e água fria.
No âmbito do POSEUR, o IPO obteve ainda financiamento para a substituição de 22 elevadores, como muitos anos de uso, por equipamentos mais modernos e com condições de transporte de pessoas com mobilidade reduzida. O investimento contempla também o isolamento térmico da cobertura do Pavilhão de Rádio e a instalação de um parque fotovoltaico na cobertura do Pavilhão Central.

 

Este investimento resulta de uma candidatura do IPO Lisboa a uma linha de financiamento do POSEUR, que visa aumentar a eficiência energética nos edifícios da administração pública, através da instalação de equipamentos e redes de elevada eficiência energética, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis, as emissões de carbono e a fatura energética.
Os projetos em curso no IPO Lisboa deverão estar concluídos até final de abril de 2020.

 

Veja aquí o cartaz

POSEUR_LOGOS_RODAPE

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso site.

Se continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo com a utilização de cookies