Back

01 de Abril 2022

Médica do IPO em grupo de cuidados paliativos

Ana Lacerda foi nomeada presidente do recém-criado grupo de trabalho para cuidados paliativos pediátricos da Sociedade Europeia de Oncologia Pediátrica.

A oncologista pediátrica Ana Lacerda, médica no Serviço de Pediatria do Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa), foi escolhida para presidir ao grupo de trabalho para os cuidados paliativos pediátricos da Sociedade Europeia de Oncologia Pediátrica (SIOPE).

 

Este grupo de trabalho foi oficializado no congresso anual da SIOPE, que teve lugar de 23 a 25 de março, e tem como objetivo melhorar a qualidade de vida das crianças com cancro na Europa, promovendo a integração precoce de Oncologia e Cuidados Paliativos através de uma maior consciencialização, formação, desenvolvimento de serviços e trabalho em rede.

No IPO Lisboa existe, desde 2005, a Equipa Intra-hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos, na altura pioneira, com destaque para a enfermagem de referência. Estes profissionais promovem a avaliação das necessidades, dos desejos e das preferências da criança e da família, num programa específico para a pediatria.

 

Ao mesmo tempo, procuram assegurar a continuidade de cuidados através da articulação com as equipas e as unidades de saúde da área da residência (hospital e/ou cuidados de saúde primários, Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e Rede Nacional de Cuidados Paliativos).

 

Reconhecendo a importância desta abordagem, em 2018, o Ministério da Saúde determinou que todos os serviços de Pediatria devem ter uma Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos Pediátricos, designação que a nossa equipa passou a adotar.

 

 

Acreditação europeia
Em outubro de 2021, o IPO Lisboa voltou a ser acreditado pela Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO) como Centro Integrado de Oncologia e Cuidados Paliativos para o triénio 2022/2024. O Instituto foi o primeiro hospital do Serviço Nacional de Saúde (SNS) a obter este certificado de qualidade, reconhecimento que possui desde 2015.

 

O IPO Lisboa é Centro de Referência de Oncologia Pediátrica. Classificação que foi recentemente renovada pela Direção-Geral da Saúde, válida até 2024, e que segue os critérios estabelecidos pela Agência de Calidad Sanitaria de Andalucia (ACSA).

 

Ser Centro de Referência implica que se reúna o mais elevado expoente de competências na prestação de cuidados de saúde de grande qualidade em situações clínicas que exigem concentração de recursos humanos, técnicos e tecnológicos altamente diferenciados, conhecimento e experiência devido à complexidade no diagnóstico e/ou tratamento e/ou custos elevados, sendo ainda capaz de conduzir formação pós-graduada e investigação científica nas respetivas áreas médicas.