Voltar

12 de Março 2020

IPO suspende visitas a doentes internados

Atendendo à situação epidemiológica do país, o IPO Lisboa decidiu suspender as visitas aos doentes internados e restringir a presença de acompanhantes em ambulatório. Estas medidas entram em vigor amanhã, dia 13 de março.

No âmbito do Plano de Contingência para a Infeção por COVID-19 e atendendo à situação epidemiológica portuguesa, o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa) decidiu a adoção de novas medidas de prevenção.

Assim, a partir de 13 de março:

  • Serão interditas todas as visitas aos doentes internados no IPO Lisboa, sendo as situações excecionais avaliadas e decididas caso a caso pelos diretores de cada serviço, em conjunto com os enfermeiros-chefes;
  • Os doentes do ambulatório (consultas, tratamentos, exames, análises, etc.) devem deslocar-se ao IPO Lisboa sem acompanhantes, sempre que a sua situação clínica o permita. Caso não seja possível, só devem ser acompanhados por uma pessoa;
  • Relembramos que em caso de febre, tosse, secreções nasais ou dificuldade respiratória, os doentes do IPO não devem dirigir-se ao Instituto, devendo entrar em contato com a Linha SNS24 – 808242424 e seguir todas as indicações que lhes sejam dadas;

 

Esteja atento ao nosso portal de internet, onde será divulgada toda a informação dirigida a doentes e utentes do IPO, e à informação que é disponibilizada diariamente pela Direção Geral da Saúde sobre a evolução da infeção pelo novo coronavírus (COVID-19) em Portugal.

A implementação destas medidas é temporária, visa a proteção dos doentes e dos profissionais e a continuidade da atividade assistencial do IPO.

Agradecemos a sua total colaboração.

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso site.

Se continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo com a utilização de cookies