Voltar

08 de Novembro 2023

Dia Mundial da Radiologia. Especialidade ao serviço do diagnóstico e tratamento

No IPO Lisboa, este serviço tem uma equipa multidisciplinar com meios tecnológicos especializados para diagnóstico e tratamento.

O Dia Mundial da Radiologia assinala-se a 8 de novembro pois foi neste dia, em 1895, que Wilhem Conrad Roentgen, um físico alemão, descobriu os Raios-X. Na Radiologia, as imagens ajudam a salvar vidas. Por isso, esta data pretende contribuir para uma melhor perceção do papel do radiologista na saúde, destacando a importância dos seus profissionais no diagnóstico e tratamento.

Os Raios-X são utilizados na análise das condições dos órgãos internos, tratamento de tumores, fraturas e doenças ósseas, entre outras aplicações.

Esta foi uma descoberta que revolucionou a Medicina moderna e iniciou a concretização do sonho de poder ver o “homem por dentro, sem a interposição dos diversos tecidos”, lembra José Venâncio, Diretor do Serviço de Radiologia do IPO Lisboa, explicando que a Radiologia é uma especialidade que usa diferentes tipos de radiação com fins diagnósticos e terapêuticos.

Neste serviço, trabalham 20 médicos Radiologistas, 10 internos em formação específica de Radiologia, um Físico Médico, 25 Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica e 15 Assistentes Operacionais, além de 10 Assistentes Técnicos. “Esta equipa multidisciplinar, altamente diferenciada na Radiologia Oncológica, permite responder a todos os exames de imagem médica necessários para os nossos doentes.”

O Diretor revela que o serviço está numa fase de “renovação total” dos equipamentos, tendo já em 2023 sido substituído um dos Mamógrafos, em que além de Tomossíntese atualizada e Estereotaxia permite ainda uma melhor acuidade de diagnóstico.

Anualmente, no Serviço de Radiologia são feitos cerca de 100.000 exames, sendo cerca de 25.000 TACs (Tomografia Axial Computorizada), mais de 9.000 Ressonâncias Magnéticas, cerca de 16.700 exames de Mamografia e cerca de 15.000 exames de Ecografia.

No total, existem “20 postos de trabalho com doentes”, que funcionam num horário que se estende das 8h00 às 20h00, nos dias úteis.

Este serviço apoia outras especialidades médicas e cirúrgicas, facilitando o diagnóstico, a localização de inúmeras lesões e permitindo monitorizar os resultados do tratamento.