Back

10 de Dezembro 2020

Concerto angariou 45 mil euros para IPO Lisboa

O concerto solidário «GuardaConVida» angariou 45 mil euros, já aplicados na aquisição de um novo ecógrafo. Comandante-Geral da GNR visitou o Serviço de Radiologia do IPO Lisboa.

Com o concerto solidário “GuardaConVida”, uma iniciativa da Guarda Nacional Republicana (GNR) que decorreu no Campo Pequeno, no dia 8 de fevereiro, foram angariados 45.607,52€, montante já recebido pelo Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO Lisboa). A receita foi aplicada na aquisição de um novo ecógrafo para realização de exames endocavitários, fundamental para o diagnóstico e estadiamento dos cancros da próstata e do reto.

 

Para assinalar o resultado da cooperação entre as duas instituições, esta sexta-feira, dia 4 de dezembro, o Comandante-Geral da GNR, tenente-general Rui Clero, visitou o Serviço de Radiologia do IPO, onde teve oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido no Serviço e observar o novo equipamento, que custou cem mil euros e já está instalado e em pleno uso.

 

O Comandante-Geral da GNR foi recebido pelo presidente do Conselho de Administração, João Oliveira, pelo diretor do Serviço de Radiologia, José Venâncio e pela Técnica Coordenadora da Radiologia, Cristina Vicente.

 

João Oliveira agradeceu à GNR o empenho na organização do concerto e na mobilização em torno da missão do IPO Lisboa e dos doentes oncológicos, com abnegação e sem quaisquer contrapartidas.

 

O tenente-general Rui Clero destacou a importância da Banda Sinfónica da GNR, o seu compromisso com a música em cerimónias militares, de protocolo de Estado e da Guarda, e o papel da GNR, que está presente em todo o território, numa grande proximidade com as comunidades, sempre ao serviço da população, como sucedeu com o concerto solidário «GuardaConvida».

 

No espetáculo do Campo Pequeno, além da Banda Sinfónica da GNR, atuaram 14 músicos portugueses (Anabela, Anjos, Bianca, Fernando Daniel, Fernando Tordo, Hélder Moutinho, Kátia Guerreiro, Marco Rodrigues, Noble, Os Azeitonas, Quinta do Bill, Sara Carreira, Sofia Escobar e Três Bairros). O concerto foi transmitido em diferido pela RTP.

 

A todos os que deram o seu contributo, o agradecimento do IPO Lisboa.