Back

04 de Fevereiro 2020

Banda Sinfónica da GNR dá concerto pelo IPO

No dia 8 de fevereiro, às 21h30, as portas do Campo Pequeno abrem-se para o Concerto Solidário «Guarda ConVida». O espetáculo é interpretado pela Banda Sinfónica da GNR, que atua em palco com vários artistas portugueses. As receitas revertem para o IPO Lisboa.

Numa iniciativa da Guarda Nacional Republicana, com o Alto Patrocínio do Presidente da República, o Campo Pequeno acolhe, no dia 8 de fevereiro, pelas 21h30 horas, o concerto solidário “Guarda ConVIDA”, que junta em palco a Banda Sinfónica da GNR com diversos artistas portugueses. As receitas revertem na íntegra para o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa).

Os 95 músicos da Banda Sinfónica da GNR, dirigidos pelo Maestro Major João Afonso Cerqueira, atuarão em conjunto com Anabela, Anjos, Bianca, Fernando Daniel, Fernando Tordo, Hélder Moutinho, Katia Guerreiro, Marco Rodrigues, Noble, Os Azeitonas, Quinta do Bill, Sara Carreira, Sofia Escobar e Três Bairros.

O concerto solidário “Guarda ConVIDA” está integrado numa campanha de angariação de receitas para o IPO Lisboa, através da venda de bilhetes para o espetáculo, do apelo ao depósito em conta bancária e à realização de chamadas para uma linha telefónica solidária.

O IPO Lisboa aplicará o valor angariado na aquisição de um novo ecógrafo para realização de exames endocavitários, um equipamento que custa cem mil euros e que é fundamental para o diagnóstico e estadiamento dos cancros da próstata e do reto.

Os bilhetes para o concerto «Guarda ConVida» já estão à venda na Ticketl​ine, com preços a partir de 10€.

Também é possível apoiar o IPO Lisboa ligando para o nº 761 200 350, uma chamada que tem o custo de 1€, mais IVA. A linha estará ativa entre os dias 3 e 9 de fevereiro.

Os donativos financeiros devem ser efetuados para a conta do IPO – IBAN PT50 0781 0112 01120011763 65 – através de transferência bancária ou diretamente no website do Instituto, indicando, nas observações, «Concerto Solidário GNR».

A GNR e o IPO Lisboa contam com a participação de todos nesta campanha solidária. As receitas angariadas revertem na totalidade para o Instituto.