Back

RECRUTAMENTO DE TÉCNICOS SUPERIORES – STUDY COORDINATOR (m/f)

Ref.ª TS STUDY COORD/05.2021

 

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E. informa que se encontra aberto procedimento para recrutamento e seleção de Técnicos Superiores (Study Coordinator), visando a celebração de contrato individual de trabalho por tempo indeterminado, nos termos do Regime Jurídico aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, assim como para criação de bolsa de reserva de recrutamento, válida por um ano, tendo em vista o preenchimento de futuras necessidades que vierem a ocorrer para a Unidade de Investigação Clínica.

 

1. Local de trabalho: Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil – E.P.E.;

 

2. Período de trabalho: 35 (trinta e cinco) horas semanais;

 

3. Remuneração base mensal: € 1.205,08;

 

4. Requisitos de candidatura obrigatórios: Licenciatura em Ciências Sociais ou Ciências da Saúde;

 

5. Fatores preferenciais:
a) Formação específica em ensaios clínicos;
b) Experiência mínima de 3 anos como monitor ou coordenador de estudos, sendo preferencial a experiência na área de oncologia;
c) Fluência, oral e escrita na língua inglesa;
d) Competências informáticas, sobretudo ao nível dos sistemas informatizados de recolha de dados – EDC (Electronic Data Capture; Inform; Medidata Rave, etc.);
e) Noções fundamentais de metodologia científica;
f) Conhecimento da legislação aplicável aos ensaios clínicos;
g) Conhecimento das autoridades e entidades reguladoras nacionais e internacionais envolvidas na condução de ensaios clínicos;
h) Boa capacidade organizativa, de resolução de problemas, competência inter-relacional e de comunicação (com equipas de investigação e com os doentes).

 

6. Formalização das candidaturas: por correio eletrónico para rhrecrutamento@ipolisboa.min-saude.pt , até 26/05/2021. No assunto deverá ser feita referência expressa a «TS STUDY COORD/05.2021»;

 

7. Documentos obrigatórios a anexar:
a) Curriculum Vitae atualizado;
b) Fotocópia do certificado de habilitações académicas comprovativo da licenciatura;

 

8. Outros documentos: O júri pode solicitar aos candidatos documentos adicionais que considere necessários para o processo de avaliação.

 

AS CANDIDATURAS QUE NÃO TENHAM EM ANEXO OS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS VÁLIDOS NÃO SERÃO TIDAS EM CONSIDERAÇÃO.

 

Lisboa, 12 de maio de 2021