Voltar

Clínica de Dor

Dra. Cláudia Armada

Coordenadora

Ana Cristina Ritto

Enfermeira-chefe

Localização

Pavilhão Central, piso 3

E-mail

clinicador@ipolisboa.min-saude.pt

A Clínica de Dor do IPO Lisboa nasceu e cresceu para praticar a melhor e a mais avançada medicina da dor e com um claro espírito de missão, que é minimizar o sofrimento dos doentes.

 

Tratar dor crónica, em particular dor oncológica é pensar na dor não como mero sintoma, mas sim como doença que interfere em todas as esferas da vida. Para o fazer de forma eficaz a Clínica de Dor trabalha com uma filosofia multidisciplinar, integrando na sua equipa médicos de várias especialidades (anestesistas, neurologistas, psiquiatras e fisiatras), enfermeiros e psicóloga. Conta também com a colaboração da Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos e do Serviço Social.

 

Avaliamos, estudamos e tratamos síndromes dolorosos causados pelo cancro, tanto pela sua ação direta como consequência das terapêuticas oncológicas (quimioterapia, radioterapia e cirurgia).

 

Estamos preparados para tratar situações de dor complexas, quer com medidas farmacológicas quer com meios interventivos.

 

Primamos pela prestação de cuidados de excelência ao doente, dispondo, para além da atividade de consulta programada, atendimento telefónico direto nos dias úteis, atendimento presencial em casos de urgência e avaliação e tratamento de doentes em regime de internamento.

 

A Clínica de Dor encetou recentemente um programa de coordenação com o Serviço de Anestesia e os serviços cirúrgicos para assegurar seguimento precoce de doentes com dor pós-operatória persistente.

 

A referenciação à Clínica de Dor deve ser feita pelo médico se o quadro álgico for grave o suficiente, ou seja, se tiver interferência significativa na vida do doente e se não for controlada com os meios analgésicos mais convencionais.

 

O que nos diferencia

 

A consulta de dor do IPO foi pioneira no país e no estrangeiro. Porque foi a primeira a ser criada, em 1978, duas décadas antes de a dor ser confirmada como o quinto sinal vital e trinta anos antes de o tratamento da dor ter sido reconhecido como direto humano (Declaração de Montreal, 2010).

 

A consulta de dor do IPO Lisboa também é pioneira porque se caracteriza, desde o inicio, pela multidisciplinariedade, beneficiando da estreita colaboração de profissionais de saúde de diferentes áreas.

 

Além do tratamento dos doentes referenciados pelos vários serviços do IPO Lisboa, a equipa da Clínica de Dor está muito envolvida no ensino e na formação pré e pós-graduada.

 

Os profissionais da Clínica de Dor deram formação a centenas médicos das mais variadas especialidades, a enfermeiros e a psicólogos e, entre 2010 e 2012, no âmbito de uma parceria com a Unidade de Missão dos Cuidados Continuados Integrados e a Fundação Calouste Gulbenkian, a Clínica de Dor do IPO de Lisboa ministrou Formação Avançada em Dor Crónica, a nível nacional.

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso site.

Se continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo com a utilização de cookies