Voltar

12 de Junho 2019

IPO Lisboa precisa de mais dadores de sangue

No âmbito do Dia Mundial do Dador de Sangue, que se celebra esta sexta-feira, dia 14 de junho, o Serviço de Imunohemoterapia do IPO Lisboa inaugura oficialmente as novas instalações, numa cerimónia de homenagem aos dadores regulares do Instituto e de apelo à dádiva aos mais jovens

O Serviço de Imunohemoterapia (SIH) do Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO Lisboa) já está a funcionar nas novas instalações, no piso 2, do Pavilhão de Rádio.

No novo espaço, que está em funcionamento desde março de 2019, concentram-se todas as valências do Serviço: Banco de Sangue, Laboratório de Imunohematologia, Hospital de Dia de Transfusão e Unidade de Dadores de Sangue.

As obras efetuadas representaram um investimento de cerca de 700 mil euros e visam melhorar as condições de tratamento dos doentes, aumentar a capacidade do serviço na área das colheitas/dadores de sangue e oferecer as melhores condições de trabalho aos profissionais de saúde.

«A ampliação e requalificação das instalações do Serviço de Imunohemoterapia insere-se num plano integrado de melhoria e continuidade do IPO, que visa melhorar as condições de prestação de cuidados para os doentes e profissionais e responder ao crescente aumento da procura de cuidados em oncologia», sublinha Sandra Gaspar, Vogal Executiva do Conselho de Administração.

Em 2018, o IPO Lisboa registou 4120 dádivas, das quais 500 foram componentes plaquetários por aférese. O número total de dadores inscritos foi de 4527 sendo que, daqueles, 1150 são novos dadores.

«No Dia Mundial do Dador de Sangue queremos realçar a importância da doação de sangue e de componentes na nossa Instituição, com o objetivo ultrapassar as 20 doações por dia. Queremos aumentar o número de dadores e de dádivas para podermos fazer face às necessidades crescentes: cerca de 1700 doentes, 9 mil concentrados de eritrócitos e entre 15 a 20 mil concentrados de plaquetas», explica Dialina Brilhante, Diretora do SIH do IPO Lisboa.

Para a médica, a mensagem do IPO Lisboa é clara: «Queremos continuar a contar com os dadores regulares e lembrar os mais jovens que a dádiva de sangue ou de componentes é um dever de cidadania e um gesto de generosidade e de solidariedade que permite salvar vidas».

No IPO Lisboa, pode dar sangue total e componentes por aférese e, ao fazer a sua dádiva, também pode inscrever-se como dador de medula.

O horário é de segunda a sexta, entre as 9h00 e as 16h00, e ao sábado, das 9h00 às 11h00.

Temos estacionamento reservado e gratuito para os dadores.

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso site.

Se continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo com a utilização de cookies