Voltar

05 de Novembro 2019

Faleceu o antigo diretor do IPO Joaquim Gouveia

Foi com profunda consternação que o CA do IPO tomou conhecimento da morte do Dr. Joaquim Gouveia, antigo diretor do Instituto. O velório decorre na Basílica da Estrela a partir das 19h00 e às 20h00 haverá missa de corpo presente. O funeral realiza-se a 6 de novembro.

Joaquim Gouveia, notável médico hematologista e oncologista que foi diretor do Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa) entre 1998 e 2001, faleceu esta segunda-feira, dia 4 de novembro, em Lisboa.

O velório decorre na Basílica da Estrela a partir das 19h00 de hoje e às 20h00 haverá uma missa de corpo presente. O funeral realiza-se amanhã, dia 6 de novembro, e será antecedido de nova missa de corpo presente, às 13h30.

Joaquim Gouveia nasceu no Funchal, em 1943, onde viveu toda a infância e juventude até ingressar na Faculdade de Medicina de Lisboa, em 1962. Começou a carreira médica em 1970 e cumpriu o serviço militar em Angola, onde foi alferes miliciano médico. Após o 25 de abril fez o internato de hematologia nos Hospitais Civis de Lisboa e, entre 1977 e 1982 rumou a Paris para trabalhar com o professor Georges Mathê, um reconhecido médico e investigador francês nas áreas da hematologia e da oncologia.

De volta a Portugal, Joaquim Gouveia regressou ao Hospital de Santo António dos Capuchos, onde foi Chefe de Serviço e Diretor do Serviço Hematologia, destacando-se em termos clínicos e também na formação médica.

Esteve ainda ligado à criação do Serviço de Oncologia do Centro Hospitalar do Funchal, a sua terra natal; foi diretor do IPO Lisboa entre 1998 e 2001; fundou o Serviço de Oncologia do Hospital CUF Descobertas, do qual também chegou a ser diretor clínico e, entre 2006 e 2008, foi Coordenador Nacional para as Doenças Oncológicas.

Além da atividade clínica, Joaquim Gouveia deixou a sua marca nas organizações científicas e desportivas por onde passou (era amante de vela e de golfe) e nas pessoas que formou e com quem se relacionou.

Neste momento de pesar, o Conselho de Administração do IPO Lisboa e os seus colaboradores enviam os sentidos pêsames à sua família.

Para recordar Joaquim Gouveia, pode ver ou rever a entrevista «Uma vida, uma história», que a RTP emitiu em 2014.

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso site.

Se continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo com a utilização de cookies