Voltar

27 de Julho 2019

Bloco de Braquiterapia reinicia atividade na próxima semana

O IPO Lisboa informa que estão garantidas as condições de segurança para os profissionais de saúde e para os doentes e vai retomar atividade clínica do Bloco de Braquiterapia durante a próxima semana.

A propósito de uma ocorrência com profissionais de saúde no Bloco de Braquiterapia do Serviço de Radioterapia do IPO Lisboa, e com vista ao esclarecimento dos doentes, dos profissionais e da população, emitimos um comunicado de imprensa, que pode ler aqui.

1 – O Serviço de Radioterapia do IPO Lisboa está equipado com sete aceleradores lineares para tratamentos de radioterapia externa e um Bloco de Braquiterapia. Por ano, efetua mais 85 mil tratamentos.

2 – O Serviço funciona em instalações seguras, cumpre os mais exigentes requisitos de proteção radiológica e ambiental e monitoriza a qualidade do ar dos diferentes espaços de trabalho, garantindo a segurança dos doentes e as boas práticas de prevenção do risco profissional e de vigilância da saúde dos colaboradores.

3 – Na manhã de terça-feira, dia 23 de julho, três profissionais de saúde do IPO Lisboa que preparavam o Bloco de Braquiterapia para o início da atividade manifestaram queixas respiratórias, tendo sido assistidos pela anestesista de serviço no local.

4 – As três profissionais (duas enfermeiras e uma assistente operacional) foram depois assistidas no Hospital de Santa Maria, de onde tiveram alta no próprio dia.

5 – Esta situação ocorreu após uma intervenção de manutenção técnica no sistema de tratamento de ar do Bloco de Braquiterapia, que teve lugar na sexta-feira, dia 19 de julho.

6 – Para proteção dos profissionais e dos doentes, no dia da ocorrência, o Conselho de Administração do IPO Lisboa determinou o encerramento da Bloco de Braquiterapia.

7 – No mesmo dia foram também solicitadas análises químicas, físicas e microbiológicas para avaliação da qualidade do ar, a entidade externa, com certificação internacional. Os resultados, já disponíveis não identificaram quaisquer vestígios de agentes químicos ou físicos, aguardando-se ainda receção dos resultados microbiológicos.

8 – O IPO Lisboa assegura que estão garantidas as condições de segurança para os profissionais de saúde e para os doentes e vai retomar atividade clínica do Bloco de Braquiterapia durante a próxima semana.

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso site.

Se continuar a usar este site, assumiremos que está de acordo com a utilização de cookies